O Nextcloud é uma ferramenta completa para sincronização de arquivos que funciona de forma semelhante a um Dropbox privado, permitindo que você tenha controle total sobre a sua nuvem. Por padrão, o Nextcloud é instalado com banco de dados MySQL e servidor Apache; neste artigo, vamos ver como fazer a instalação com PostgreSQL e Nginx em servidor Ubuntu.

Avisos de configuração do Nextcloud

Introdução

Originalmente um fork do Owncloud, o Nextcloud aos poucos foi se diferenciando, especialmente por ter um modelo de negócios diferente: no Nextcloud, todas as funcionalidades estão disponíveis para todos os usuários, ao contrário do Owncloud, que tem uma versão livre, limitada, e uma versão premium.

Além da sincronização de arquivos, o Nextcloud fornece ainda diversos aplicativos adicionais, como calendário, vídeo conferência, leitor de RSS/Atom, gerenciador de favoritos, entre dezenas de outros. Alguns aplicativos não vêm habilitados por padrão, mas são facilmente instaláveis com alguns cliques.

Instalação

Para simplificar o processo, vamos considerar que estamos instalando o Nextcloud num servidor Ubuntu com a versão mais recente disponível. Não vamos utilizar a versão snap do Nextcloud, que é bem mais fácil de instalar, mas utiliza MySQL e Apache, sem possibilidade de alteração.

Basicamente, faremos a instalação dos seguintes componentes de software:

  • PostgreSQL
  • PHP
  • Nginx
  • Nextcloud

PostgreSQL

Por padrão, como já mencionado, o Nextcloud recomenda a utilização do MySQL como servidor de bancos de dados. No entanto, assim como no caso do Nginx, pode haver uma preferência por instalar o PostgreSQL, pelos mais variados motivos.

Para instalar o PostgreSQL, execute:

sudo apt install postgresql

Em seguida, acesse o cliente PostgreSQL:

sudo -u postgres psql

Dentro do cliente psql, crie o usuário e o banco de dados do Nextcloud:

CREATE USER nextcloud WITH PASSWORD 'nextcloud';
CREATE DATABASE nextcloud TEMPLATE template0 ENCODING 'UNICODE';
ALTER DATABASE nextcloud OWNER TO nextcloud;
GRANT ALL PRIVILEGES ON DATABASE nextcloud TO nextcloud;

PHP

Para usar o PHP no servidor Nginx, é necessário instalar, além do próprio PHP, o php-fpm. Alguns módulos PHP também são necessários para rodar o Nextcloud. O unzip será necessário para descompactar o arquivo de instalação do Nextcloud. Execute:

sudo apt-get -y install php-fpm php-cli php-json php-curl php-imap php-gd php-pgsql php-xml php-zip php-intl php-mcrypt php-imagick php-mbstring unzip
Se o pacote php-mcrypt não for encontrado, você pode seguir as instruções nesta resposta do Stack Overflow: https://askubuntu.com/a/1037418.

Configure o módulo PostgreSQL PHP abrindo o arquivo /etc/php/7.4/mods-available/pgsql.ini e acrescentando as as seguintes linhas:

extension=pdo_pgsql.so
extension=pgsql.so

[PostgresSQL]
pgsql.allow_persistent = On
pgsql.auto_reset_persistent = Off
pgsql.max_persistent = -1
pgsql.max_links = -1
pgsql.ignore_notice = 0
pgsql.log_notice = 0

Entre no diretório de configuração do PHP:

cd /etc/php/7.4/

Abra o arquivo de configurações do php-fpm:

sudoedit fpm/php.ini

E mude as seguintes configurações, de acordo com as suas necessidades:

; Fuso horário
date.timezone = America/Sao_Paulo
; De acordo com a documentação, pode ser necessário em algumas instalações
cgi.fix_pathinfo=1
; Máximo de memória a ser utilizado pelo PHP
memory_limit = 512M
; Tamanho máximo dos dados aceitos via upload
upload_max_filesize = 500M
; Tamanho máximo de dados POST aceitos pelo PHP
post_max_size = 500M

Outra configuração que ser pode ser necessária é corrigir as variáveis de ambiente do php-fpm. Por padrão, o arquivo contém as seguintes linhas:

;env[HOSTNAME] = $HOSTNAME
;env[PATH] = /usr/local/bin:/usr/bin:/bin
;env[TMP] = /tmp
;env[TMPDIR] = /tmp
;env[TEMP] = /tmp

Existem duas opções: pode-se descomentar as linhas com env[...], retirando o ; do início de cada linha e corrigir o valor de env[PATH] para o PATH correto do sistema; ou pode-se permitir que o php-fpm tenha acesso direto às variáveis de ambiente do sistema habilitando o clear_env:

clear_env = no

Nginx

O Nginx (pronuncia-se como "engine-x") é um dos servidores web mais utilizados em todo o mundo. Muitas pessoas podem estar interessadas em instalar o Nginx em lugar do Apache, talvez por já terem alguma experiência anterior com ele, ou simplesmente por questões de preferência.

Instale o Nginx com o seguinte comando:

sudo apt-get install nginx

Verifique que o serviço está executando corretamente:

sudo systemctl status nginx

O resultado do comando deve ser semelhante ao seguinte, certifique-se de que a parte Active: active esteja presente:

● nginx.service - A high performance web server and a reverse proxy server
     Loaded: loaded (/lib/systemd/system/nginx.service; enabled; vendor preset: enabled)
     Active: active (running) since Sat 2020-11-21 11:46:53 -03; 27s ago
     [...]

Configure o Nginx para o Nextcloud, criando um novo site em /etc/nginx/sites-available/nextcloud:

upstream php-handler {
    #server 127.0.0.1:9000;
    server unix:/var/run/php/php-fpm.sock;
}

server {
    #listen 80 default_server;
    listen [::]:80 default_server;
    server_name cloud.exemplo.com;

    # Enforce HTTPS
    return 301 https://$host$request_uri;
}

server {
    #listen 443      ssl; # http2;
    listen [::]:443 ssl; # http2;
    server_name cloud.exemplo.com;

    # Use Mozilla's guidelines for SSL/TLS settings
    # https://mozilla.github.io/server-side-tls/ssl-config-generator/
    #ssl_certificate     /etc/ssl/nginx/nc-selfsigned.crt;
    #ssl_certificate_key /etc/ssl/nginx/nc-selfsigned.key;
    ssl_certificate     /etc/letsencrypt/live/cloud.exemplo.com/fullchain.pem;
    ssl_certificate_key /etc/letsencrypt/live/cloud.exemplo.com/privkey.pem;

    # HSTS settings
    # WARNING: Only add the preload option once you read about
    # the consequences in https://hstspreload.org/. This option
    # will add the domain to a hardcoded list that is shipped
    # in all major browsers and getting removed from this list
    # could take several months.
    add_header Strict-Transport-Security "max-age=15768000; includeSubDomains;" always;

    # set max upload size
    client_max_body_size 512M;
    fastcgi_buffers 64 4K;

    # Enable gzip but do not remove ETag headers
    gzip on;
    gzip_vary on;
    gzip_comp_level 4;
    gzip_min_length 256;
    gzip_proxied expired no-cache no-store private no_last_modified no_etag auth;
    gzip_types application/atom+xml application/javascript application/json application/ld+json application/manifest+json application/rss+xml application/vnd.geo+json application/vnd.ms-fontobject application/x-font-ttf application/x-web-app-manifest+json application/xhtml+xml application/xml font/opentype image/bmp image/svg+xml image/x-icon text/cache-manifest text/css text/plain text/vcard text/vnd.rim.location.xloc text/vtt text/x-component text/x-cross-domain-policy;

    # Pagespeed is not supported by Nextcloud, so if your server is built
    # with the `ngx_pagespeed` module, uncomment this line to disable it.
    #pagespeed off;
    # HTTP response headers borrowed from Nextcloud `.htaccess`
    add_header Referrer-Policy                      "no-referrer"   always;
    add_header X-Content-Type-Options               "nosniff"       always;
    add_header X-Download-Options                   "noopen"        always;
    add_header X-Frame-Options                      "SAMEORIGIN"    always;
    add_header X-Permitted-Cross-Domain-Policies    "none"          always;
    add_header X-Robots-Tag                         "none"          always;
    add_header X-XSS-Protection                     "1; mode=block" always;

    # Remove X-Powered-By, which is an information leak
    fastcgi_hide_header X-Powered-By;

    # Path to the root of your installation
    root /opt/nextcloud;

    # Specify how to handle directories -- specifying `/index.php$request_uri`
    # here as the fallback means that Nginx always exhibits the desired behaviour
    # when a client requests a path that corresponds to a directory that exists
    # on the server. In particular, if that directory contains an index.php file,
    # that file is correctly served; if it doesn't, then the request is passed to
    # the front-end controller. This consistent behaviour means that we don't need
    # to specify custom rules for certain paths (e.g. images and other assets,
    # `/updater`, `/ocm-provider`, `/ocs-provider`), and thus
    # `try_files $uri $uri/ /index.php$request_uri`
    # always provides the desired behaviour.
    index index.php index.html /index.php$request_uri;

    # Default Cache-Control policy
    expires 1m;

    # Rule borrowed from `.htaccess` to handle Microsoft DAV clients
    location = / {
        if ( $http_user_agent ~ ^DavClnt ) {
            return 302 /remote.php/webdav/$is_args$args;
        }
    }

    location = /robots.txt {
        allow all;
        log_not_found off;
        access_log off;
    }

        # Make a regex exception for `/.well-known` so that clients can still
    # access it despite the existence of the regex rule
    # `location ~ /(\.|autotest|...)` which would otherwise handle requests
    # for `/.well-known`.
    location ^~ /.well-known {
        # The following 6 rules are borrowed from `.htaccess`

        rewrite ^/\.well-known/host-meta\.json  /public.php?service=host-meta-json  last;
        rewrite ^/\.well-known/host-meta        /public.php?service=host-meta       last;
        rewrite ^/\.well-known/webfinger        /public.php?service=webfinger       last;
        rewrite ^/\.well-known/nodeinfo         /public.php?service=nodeinfo        last;

        location = /.well-known/carddav     { return 301 /remote.php/dav/; }
        location = /.well-known/caldav      { return 301 /remote.php/dav/; }

        try_files $uri $uri/ =404;
    }

    # Rules borrowed from `.htaccess` to hide certain paths from clients
    location ~ ^/(?:build|tests|config|lib|3rdparty|templates|data)(?:$|/)  { return 404; }
    location ~ ^/(?:\.|autotest|occ|issue|indie|db_|console)              { return 404; }

    # Ensure this block, which passes PHP files to the PHP process, is above the blocks
    # which handle static assets (as seen below). If this block is not declared first,
    # then Nginx will encounter an infinite rewriting loop when it prepends `/index.php`
    # to the URI, resulting in a HTTP 500 error response.
    location ~ \.php(?:$|/) {
        fastcgi_split_path_info ^(.+?\.php)(/.*)$;
        set $path_info $fastcgi_path_info;

        try_files $fastcgi_script_name =404;

        include fastcgi_params;
        fastcgi_param SCRIPT_FILENAME $document_root$fastcgi_script_name;
        fastcgi_param PATH_INFO $path_info;
        fastcgi_param HTTPS on;

        fastcgi_param modHeadersAvailable true;         # Avoid sending the security headers twice
        fastcgi_param front_controller_active true;     # Enable pretty urls
        fastcgi_pass php-handler;

        fastcgi_intercept_errors on;
        fastcgi_request_buffering off;
    }

    location ~ \.(?:css|js|svg|gif)$ {
        try_files $uri /index.php$request_uri;
        expires 6M;         # Cache-Control policy borrowed from `.htaccess`
        access_log off;     # Optional: Don't log access to assets
    }

    location ~ \.woff2?$ {
        try_files $uri /index.php$request_uri;
        expires 7d;         # Cache-Control policy borrowed from `.htaccess`
        access_log off;     # Optional: Don't log access to assets
    }

    location / {
        try_files $uri $uri/ /index.php$request_uri;
    }
}

Observe que neste exemplo estamos utilizando uma configuração de segurança com certificação SSL, que pode ser obtida gratuitamente com a utilização do Let's Encrypt. Pretendo abordar esse assunto em outro artigo no futuro, mas por enquanto recomendo utilizar a seguinte referência: https://phoenixnap.com/kb/letsencrypt-nginx.

Habilite a configuração do Nextcloud e reinicie o Nginx:

sudo ln -s /etc/nginx/sites-available/nextcloud /etc/nginx/sites-enabled/
sudo systemctl restart nginx

Nextcloud

A instalação do Nextcloud em si é relativamente simples. Primeiro, baixe a última versão disponível:

wget -q https://download.nextcloud.com/server/releases/latest.zip

Proceda com a descompactação do arquivo:

sudo unzip latest.zip -d /opt/

Altere o usuário proprietário do diretório /opt/nextcloud para o www-data:

sudo chown -R www-data:www-data /opt/nextcloud/

Na sequência, já pode ser acessada a interface de configuração web do Nextcloud. Para isso, acesse o endereço https://<ip-do-servidor>/ e configure o sistema:

Avisos de configuração do Nextcloud
  • Em Pasta de dados, insira o diretório local onde serão armazenados os dados do Nextcloud. Pode-se usar /opt/nextcloud/data, por exemplo, mas na prática pode ser qualquer diretório à sua escolha.
  • Usuário do banco de dados: usuário de banco de dados que criamos acima.
  • Senha do banco de dados: senha usuário de banco de dados.
  • Nome do banco de dados: nome do banco de dados.
  • Host do banco de dados: endereço do banco de dados. Normalmente será localhost.
  • Marque a opção "Instalar aplicativos recomendados", ou deixe para instalar os aplicativos posteriormente.
  • Por fim, clique em "Concluir configuração".

Uma última configuração necessária pode ser configurar os trusted_domains, os domínios confiáveis, a partir dos quais será possível acessar a interface do Nextcloud. Acesse /opt/nextcloud/config/config.php e configure conforme necessário:

'trusted_domains' =>
  array (
   0 => 'localhost',
   1 => 'cloud.exemplo.com',
   2 => '192.168.1.50',
   3 => '[fe80::1:50]',
),

Próximos passos

O Nextcloud fornece uma verificação básica de vários itens de configuração que podem afetar a estabilidade e a segurança do sistema. Para acessá-la, clique no ícone do usuário no canto superior direito da tela, clicando a seguir em Configurações. No menu esquerdo da tela, clique em AdministraçãoVisão geral.

O sistema fará uma varredura por alguns segundos ou minutos e exibirá alguns avisos, como na tela abaixo:

Avisos de configuração do Nextcloud

Recomendo seguir as orientações passadas e instalar qualquer módulo em falta e configure conforme sugerido. Uma das configurações que são recomendadas é instalar um cache de memória, como o Redis ou o memcached. Dependendo da quantidade de memória disponível no seu servidor, isso pode fazer uma grande diferença.

Referências

Leia também