QoS (do inglês Quality of Service, "Qualidade de Serviço") é um termo utilizado para descrever tecnologias e serviços que existem para assegurar que determinadas aplicações críticas e avançadas receberão os recursos necessários para a sua transmissão através da rede.

Switches comuns são dispositivos de rede que operam na camada 2 do modelo OSI, comutando quadros entre diferentes dispositivos Ethernet. Em vez de simplesmente receber e replicar os quadros para todos os dispositivos conectados a ele, como fazem os hubs, os switches mantêm uma tabela de encaminhamento que lhes permite saberem quais endereços MAC estão conectados a cada porta.

Parece que algumas pessoas acreditam que fazer a declaração de imposto de renda usando Linux é impossível ou muito complicado. Na realidade, é tão simples (ou complicado, dependendo do ponto de vista) quanto fazê-lo no Windows. É só seguir alguns passos e corrigir alguns problemas que eventualmente venham a ocorrer.

Algumas vezes, ao calcularmos o hash MD5 de uma imagem ISO que acaba de ser baixada, percebemos que o resultado não corresponde ao informado no site da distribuição Linux. Nesses casos, a solução mais comum é baixar a imagem totalmente de novo, o que é muito desagradável para quem tem uma conexão de Internet lenta ou que cobra por dados. Compartilho aqui uma ótima solução para esse problema.

Parece que os tablets definitivamente estão na moda. Se antes o sonho de muitas pessoas era ter um notebook, hoje as coisas mudaram em favor do tablet. As razões para isso são muitas, mas é preciso ter cuidado para não comprar gato por lebre: existem muitas ofertas por aí que podem trazer muita dor de cabeça. Então, como escolher um tablet? Veja abaixo alguns conselhos sobre o que evitar na hora da compra de um tablet Android.

Para os que não conhecem, o Ludum Dare é um evento competitivo que ocorre a cada quatro meses, no qual desenvolvedores de jogos participam em duas categorias: compo, que tem por objetivo desenvolver um jogo em 48 horas; e jam, que dá 72 horas, pode ter participação de mais de uma pessoa e tem regras mais flexíveis. Neste ano, participei pela primeira vez do evento (compo) e deixo aqui as minhas impressões sobre o evento.

Esta dica é para quem deseja remover um arquivo desnecessário ou com informações sigilosas de um repositório do Mercurial, excluindo também toda a história referente ao arquivo. Na realidade, não é possível remover permanentemente a história de um arquivo; porém, é possível criar um novo repositório sem o arquivo indesejado, por meio da ferramenta de conversão do Mercurial.

Para isso, primeiro habilite o plugin de conversão, acrescentando as seguintes linhas ao arquivo ~/.hgrc:

[extensions]
hgext.convert=

Navegue pelo terminal até o diretório logo acima do repositório e crie um arquivo "filemap.txt" (dê o nome que quiser a esse arquivo) listando os arquivos a remover:

exclude src/senhas.txt

Em seguida, execute o comando a seguir

hg convert --filemap filemap.txt repo-antigo/ repo-novo/

Pronto! Seu novíssimo repositório foi criado. Agora, é só dar um push no seu novo repositório. Recomendo utilizar o http://bitbucket.org para armazenar os seus projetos.

Leia também

O navegador Opera é muitas vezes chamado de "o melhor navegador que ninguém usa". Segundo a Wikipédia, o Opera tem entre 1% e 3,2% de participação na Internet, apenas, o que o faz um verdadeiro "nanico" em comparação com os grandes navegadores (Google Chrome, Mozilla Firefox e Internet Explorer). Mas isso, na verdade, não faz justiça à qualidade desse navegador, que foi o primeiro a adotar funcionalidades como a navegação em abas, hoje presente em quase todos os navegadores. Aprenda, neste artigo, a configurar o Opera para aproveitar melhor o seu potencial.